Nonô Germano é atração confirmada em evento gratuito ao ar livre, no Recife

Em sua terceira edição, o Espiral das Artes reúne, no próximo dia 18, artesanato, moda, gastronomia, oficina e música em um só lugar. O evento acontece na Praça Dr. José Vilela, no Parnamirim

O Espiral das Artes vem firmando seu espaço no cenário de eventos culturais gratuitos e ao ar livre do Recife. No próximo dia 18, a partir das 10h, o evento realiza sua terceira edição com a proposta inovadora de agregar diversas linguagens artísticas em um só lugar. A Feira Espiral, o Polo Arte do Sabor, a Moda Espiral e o Espiral de Terapias fazem parte de uma programação extensa que finaliza às 20h com apresentações musicais. O evento acontecerá na Praça Dr. José Vilela, no Parnamirim.

Foto: Laís Xavier

Durante todo o dia, visitantes de todas as idades poderão aproveitar o melhor do artesanato pernambucano com produtos a variados preços, acessível a todos os gostos. De comidas típicas a pratos reelaborados com toques exclusivos, o evento também oferece boas opções na área da gastronomia. Roupas, acessórios e outros itens para compor o visual estarão disponíveis para quem não dispensa o diferencial dos pequenos empreendedores. A previsão é a de que 80 expositores participem do evento.

Foto: Laís Xavier

Produzido pela Cultura Iminente, o Espiral das Artes tem a proposta de estimular a economia local e promover o bem-estar. “Nós entendemos que cultura, natureza e bem-estar conversam, intimamente. Por isso, o evento, também, oferece a possibilidade de o público experimentar ou praticar algumas terapias integradas como massoterapia, auriculoterapia, reflexologia e shiatsu com a nossa equipe de profissionais do Espiral de Terapias”, explica o coordenador do evento e diretor da Cultura Iminente, Rodrigo Silva. Em sintonia com essa proposta, o evento tem, ainda, como ponto de programação o Reconexão Espiral com o artista e psicoterapeuta transpessoal Mário Morêda (Baw).  Nela, ele mostra a arte como uma possibilidade de expressão e facilitadora da conexão de cada indivíduo consigo, contribuindo para a saúde integral. Dessa maneira, a expressão artística viabiliza a prevenção em saúde e uma sociedade mais saudável. Baw tem trabalhado no desenvolvimento de diversas linguagens expressivas atuando na equipe do Espaço Rizoma, como músico da banda MeioLocal, como ator do grupo NAVA de teatro, como pintor e poeta independente.

Foto: Laís Xavier

Entre as parcerias do Espiral das Artes estão a Em Cena Arte e Cidadania, a Ecoe Sustentabilidade, o Bonsai Itinerante, a Faz Terra e a artesã Tia Bel Mimos que vêm com uma proposta solidária, sustentável e de aprendizado, respectivamente. A Em Cena Arte e Cidadania é uma associação da sociedade civil sem fins lucrativos, que atua, no Recife, com a missão de promover educação artística, cultural e cidadã a crianças e adolescentes. Também, desenvolve atividades de ensino, pesquisa e produção na área de artes cênicas, compreendendo dança,  teatro e música. Na terceira edição do evento, o público será convidado a conhecer um pouco do trabalho da associação, em seu stand, podendo contribuir para a campanha de arrecadação que o Espiral das Artes está promovendo para seu público alvo. Os interessados em contribuir podem levar itens de material escolar e brinquedos para doação. 

A Ecoe Sustentabilidade é uma empresa de prestação de serviços de consultoria na busca de soluções socioambientais que colabora para que pessoas e organizações se desenvolvam de maneira mais sustentável e alcancem o #LixoZero. Quem visitar seu stand vai conhecer um pouco mais sobre o trabalho desenvolvido pela Ecoe e entrar em contato com as ações de consultoria, educação e estudos, assim como seus produtos. Na proposta de promover um ambiente sustentável para os visitantes, o Espiral das Artes, em parceria com a Ecoe, realizará, em sua terceira edição, a Operação Copo Eco. “Nosso diálogo com os expositores da Feira Espiral tem sido o de diminuir o consumo de copos descartáveis no evento, o que, também, gerará uma economia financeira para eles. Como forma de combatermos os impactos ambientais, ofereceremos a possibilidade do Copo Eco assim como o do canudo compostável”, explica a empresária Suzane Galeno. Quem se interessar pelo Copo Eco, poderá adquirir o de 200ml por R$5 e o de 400ml por R$7. Dez por cento da renda dos copos será doada para a Em Cena Arte e Cidadania, parceira do evento no Espiral Solidário.

Foto: Laís Xavier

O Bonsai Itinerante utiliza a arte Bonsai como ferramenta para preservação ambiental, terapia ocupacional, auto conhecimento, disciplina e paciência a todos os envolvidos. Há quase 5 anos no mercado, utiliza espécies nativas de nossa região estimulando o conhecimento de  plantas do nosso diversificado bioma e tornando o elo entre a arte Bonsai e o artista uma experiência única. Realiza expedições itinerantes por praças, parques e mercados públicos da cidade. Nelas, vende Bonsai, vasos, ferramentas e dá dicas de cultivo e manutenção. A Faz Terra intenciona sensibilizar as pessoas para a urgente necessidade de se repensar consumo, mercado, logística reversa e a responsabilidade individual do cidadão em tratar do seu próprio “lixo” in loco. Isso acontece pela oferta de serviços educativos e soluções para transformação dos resíduos orgânicos sólidos, de cozinhas residenciais (casas e condomínios) e industriais, em solo bom. A instalação de sistemas de compostagem, assistência técnica, promoção de oficinas e treinamentos sobre compostagem e agricultura urbana estão entre as atividades desenvolvidas pelo grupo, além de vendas de composteiras/minhocários, minhocas, adubo orgânico líquido, húmus de minhocas e acessórios. O trabalho acontece associado a parceiros das artes plásticas e promotores de eventos culturais. No Espiral das Artes – Espiral Sustentável, a Faz Terra levará seus serviços e produtos ao conhecimento do público com eventuais intervenções educativas/recreativas sobre assuntos relacionados ao tratamento de resíduos, agricultura urbana e meio ambiente. Tia Bel Mimos é artesã e vai dar uma oficina gratuita de reciclagem de latas para transformá-las em objetos de decoração.

A partir das 16h, Maracatu de Baque Virado Nação Gato Preto, Coco de seu Mané e Nonô Germano são as atrações que encerram a programação do Espiral das Artes, no Palco Espiral. O maracatu de baque virado Nação Gato Preto foi fundado no ano de 1989 na comunidade do Alto Santa Terezinha, na rua Alto dos Coqueiros com a finalidade de resgatar e mudar tanto a vida jovens que vivem em situação de rua como o combate às drogas. Hoje, o Maracatu é formado por 80 pessoas da própria comunidade, tem como presidente e dono do Maracatu, Claudio, mais conhecido como Babau, e os mestres Léo e Pinha. Nonô Germano, no auge dos seus mais de 30 anos de carreira, desponta no meio musical com seu mais novo projeto, o “Frevo de Balada” que vem com uma pegada mais moderna e jovem, com novas composições e arranjos. O laboratório do projeto foi o “Frevo Música Pra Pular Brasileira” (FMPB) que traz canções do frevo tradicional e também músicas consagradas de outros artistas em ritmo de frevo. 

Confira a programação completa do Espiral das Artes:

Das 10h às 20h:
Feira Espiral (artesanato da região)
Espiral Solidário (com a Em Cena Arte e Cidadania)
Polo Arte do Sabor (comidas típicas da região até pratos reelaborados com toques exclusivos)
Espiral Sustentável (com a Ecoe Sustentabilidade)
Moda Espiral (acessórios e outros itens para compor o visual)
Espiral de Terapias (massoterapia, auriculoterapia, reflexologia e shiatsu)

11h:
Reconexão Espiral (artista e psicoterapeuta transpessoal Baw)
Oficina Espiral (com a artesã Tia Bel Mimos)

15h:
Oficina Espiral (com a artesã Tia Bel Mimos)

16h:
Palco Espiral (Maracatu de Baque Virado Nação Gato Preto, Coco de Seu Mané e Nonô Germano)

ESPIRAL DAS ARTES – No ar desde novembro de 2019, é um evento multicultural gratuito e mensal criado com a proposta de reunir diversas linguagens artísticas em um só lugar como artesanato, moda, gastronomia, música, dança, teatro e circo. Conta, também, com espaços dedicados a oficinas artísticas, sustentabilidade, terapias integradas com shiatsu, massoterapia, auriculoterapia e reflexologia e doações a ONGs e Instituições. Em sua terceira edição, já recebeu artistas como Mayara Pêra, Banda Triinca, Vocal 4por4, Mateus Bezerra, Sargaço Nightclub e Zeca Viana.

SERVIÇO:
O quê? Espiral das Artes
Quando? Dia 18 de janeiro de 2020, das 10h às 20h.
Onde? Praça Dr. José Vilela que fica na Avenida 17 de Agosto, no bairro do Parnamirim, Recife/PE (próximo ao Shopping Plaza)
Quanto custa? Entrada gratuita

Evento gratuito ao ar livre une diversas linguagens artísticas no Recife

Artesanato, Moda, Música e Dança: artistas de todas essas linguagens estarão presentes na 2ª edição do Espiral das Artes, evento cuja proposta é promover o acesso gratuito a atividades e movimentos culturais pernambucanos. Promovido pela produtora Cultura Iminente, o evento acontecerá neste sábado (21), a partir das 10h, na Praça Dr. José Vilela que fica na Avenida 17 de Agosto, no bairro do Parnamirim, Recife/PE. O público visitante encontrará produtos e roupas de artistas locais a preços acessíveis na Feira Espiral; e apresentações de músicos e dançarinos. Também, haverá um polo de alimentação; oficinas de artesanato e sobre soluções sustentáveis para pessoas e negócios; e terapias como shiatsu, massoterapia e reflexologia. O acesso ao evento é gratuito. 

“Nós pensamos em uma programação que pudesse reunir toda a família. Então, durante todo o dia, haverá atrações para variados gostos e idades. No final da tarde, daremos início às apresentações musicais com os shows do grupo Vocal 4por4 e da banda Sargaço NightClub que selarão as atrações da segunda edição do evento. Ao mesmo tempo, o Espiral tem a finalidade de estimular a economia local”, explica Rodrigo Silva, idealizador e produtor do Espiral das Artes. Dentre a variedade de produtos a serem encontrados no evento, estão os stands do Polo Arte do Sabor, que oferecerão desde comidas típicas da região até pratos reelaborados com toques exclusivos. A Feira Espiral traz o artesanato da terra e moda, com roupas, acessórios e outros itens para compor o visual. 

Em sintonia com as diversas técnicas naturais que promovem saúde, equilíbrio e bem-estar, o Espiral de Terapias oferece o trabalho de especialistas em shiatsu, massoterapia e reflexologia que, também, contribuirão com dicas e esclarecimentos de dúvidas sobre qualidade de vida. O público poderá, ainda participar da oficina Reconexão Espiral com o artista e psicoterapeuta transpessoal Baw.  Nela, ele mostra a arte como uma possibilidade de expressão e facilitadora da conexão de cada indivíduo consigo, contribuindo para a saúde integral. Dessa maneira, a expressão artística viabiliza a prevenção em saúde e uma sociedade mais saudável.

Vocal 4por4

Como forma de incentivar e valorizar artistas independentes e grupos que desenvolvem trabalhos autorais de diversas linguagens artísticas, o Espiral Performance traz o grupo de dança Resistentes da Arte. Eles têm como foco temáticas como arte e resistência, trazendo jovens que produzem e refletem sobre a cultura. O Palco Espiral encerra as apresentações do dia com os shows do Vocal 4por4, grupo de cantores que interpretarão músicas populares e natalinas e do Sargaço NightClub, duo eletroacústico autoral recifense cujo trabalho tem influências do Dreampop, do Folk e do Postpunkrevival. O Sargaço recebe, em seu show, o artista e compositor Zeca Viana em uma parceria.

Sargaço NightClub

SUSTENTABILIDADE – O Espiral das Artes fez parceria com a empresa Ecoe Sustentabilidade, empresa cujo trabalho envolve soluções sustentáveis para pessoas e negócios e que comporá a programação do Espiral Sustentável. Quem visitar o stand, vai conhecer um pouco mais sobre o trabalho desenvolvido pela Ecoe e entrar em contato com as ações de consultoria, educação e estudos, assim como seus produtos.

TRABALHO SOCIAL – Nesta próxima edição, o evento, por intermédio do Espiral Solidário, convida o público a conhecer e contribuir com o trabalho da ONG Anjos do Poço, que trabalha em defesa dos animais e do meio ambiente. A instituição estará presente, durante todo o evento, com um stand, mostrando mais detalhes do trabalho que desenvolve.

O Espiral das Artes é um evento mensal. A programação finaliza às 20h.

SERVIÇO:
O quê? Espiral das Artes
Quando? Dia 21 de dezembro de 2019, das 10h às 20h.
Onde? Praça Dr. José Vilela que fica na Avenida 17 de Agosto, no bairro do Parnamirim, Recife/PE (próximo ao Shopping Plaza)
Quanto custa? Entrada gratuita  


Amanhã: Espiral das Artes estreia e promete movimentar a cena cultural recifense

Imagine um grande caldeirão cultural a unir várias linguagens artísticas no mesmo dia e no mesmo local: essa é a proposta do mais novo evento cultural da cidade, o Espiral das Artes. Produzido pela Cultura Iminente em parceria com o Complexo GreenPark, o evento trará, a cada edição, uma vasta programação que contempla música, poesia, gastronomia, dança, teatro, circo, entre outras linguagens. Também, contará com uma Feira Artesanal, intervenções artísticas, atividades para crianças, brechós, um Núcleo de Terapias Integradas (NTI) e o espaço Ciência no Quintal. Espiral das Artes estreia amanhã (3), a partir das 9h, no Complexo GreenPark, que fica na Rua Guarabira, 639 (próximo ao Shopping Recife). O evento é aberto ao público no período da manhã. A partir das 13h, será cobrado o ingresso solidário que consiste no pagamento de meia entrada (R$10) + 1 kg de alimento não perecível. As doações serão entregues a uma instituição parceira que promove projetos sociais. A programação vai até as 21h.

“Nós da Cultura Iminente possuímos como norteador do nosso trabalho a visibilidade da cultura local. Ao firmarmos parceria com um espaço tão grande e tão bem localizado como o GreenPark, vimos uma grande oportunidade de oferecer, ao público da Região Metropolitana do Recife, um dia inteiro de lazer e arte”, explica Rodrigo Silva, presidente da Cultura Iminente e um dos produtores do evento. O Espiral das Artes conta com uma equipe multiprofissional de, aproximadamente, 100 pessoas, entre artistas, recreadores, professores, oficineiros e seguranças. Algumas atividades são gratuitas. Em outras, os valores variam de acordo com cada profissional. Confira os detalhes da programação:

Polo Gastronômico = serão diversas opções de petiscos e hambúrgueres. Também, uma cervejaria. A Cantina Vegetariana traz, ainda, a sua diversidade de receitas. 

Feira Típica = 30 artesãos da região estarão expondo e vendendo o seu trabalho.

Núcleo de Terapias Integradas (NTI) = especialistas em Shiatsu, Massoterapia, Ayurveda, Auriculoterapia e Do-in ocuparão o espaço zen do evento.

Espaço Ciência no Quintal = a engenheira agrônoma, mestre em Entomologia Agrícola e doutora em Fitotecnia Roberta Leme fará uma demonstração sobre composteira doméstica. Gratuito.

Oficina de artesanato = a artesã tia Bel Mimos ensina a fazer decorações artísticas reaproveitando latas. A oficina é gratuita.

Oficina de bonecos = a psicóloga e arteterapeuta Fátima Caio ensina a confeccionar bonecos com material reaproveitável. A oficina é gratuita.

Exposição de Fotografias = o consagrado fotógrafo Xirumba Amorim traz toda a poesia e o seu olhar característico sobre Nordeste e sua cultura já retratados em suas lentes. Gratuito.

Intervenção artística = quando menos o público esperar, o ator-manipulador Fábio Caio entrará em cena por entre os corredores e espaços do evento com seu boneco, provocando reações. Gratuito.

Contação de Histórias = o espaço infantil de incentivo à leitura do evento conta com a presença de Vinícius Viramundos: músico, violeiro, contador de histórias, co-fundador da Biblioteca Multicultural Nascedouro, integrante do CIA Palavras Andarilhas (Lenice Gomes e Clenira Melo), que promove a Noite de Histórias há 8 anos no Teatro Joaquim Cardozo, e autor de Quando o Rato Roeu a Roupa do Rei de Roma, O Trem Ascenso, Pedro Pereira Pinto, Toca o Ramungango e A Lenda do Rio Abaixo, Rio Acima, todos pela Editora Prazer de Ler, além de uma edição própria com Zé e a CaveiraA atividade é gratuita.

Vinicius Viramundos / Foto: divulgação

Recreação = criança gosta mesmo é de correr! O Espiral das Artes está montando uma área especial, no período da tarde, com diversas brincadeiras intermediadas por profissionais da área. A criançada vai poder aproveitar camas elásticas, escorrega, piscina de bolinhas, algodão doce e pipoca!

DJ = Caio Zé, mais conhecido como DJ Pré, vem com uma seleção musical especial para o evento, fazendo a ambientação do público com a programação. No seu projeto #Disconaagulha, o artista pretende criar um diálogo entre os clássicos do vinil e o que a música brasileira tem criado de mais recente: sempre trabalhando com o fino da MPB. Durante uma temporada acompanhou a banda Forró na Caixa com um repertório variado de forró, além de diversas experiências nas principais casas noturnas do Recife. Gratuito.

DJ Pré / Foto: divulgação

Baú Solidário = o evento conta com uma campanha para arrecadar brinquedos durante todo o mês de novembro. Essa ação fará parte do Espiral Solidário que estará convidando a participar do evento, a cada mês, uma instituição ou grupo que desenvolva projetos sociais. Fará parte, ainda, dessa iniciativa o Ingresso Solidário, onde o público pagará meia entrada + 1 kg de alimento não perecível, e será entregue à instituição/grupo parceira do mês.

Palco Espiral = a partir das 16h, o Espiral das Artes dará início a outras atrações. Nesta edição de estreia, o Sarau de Poesia e Cordel, coordenado por Lenemar Santos, abrirá a programação com declamações de 8 poetas e poetisas da Região Metropolitana do Recife. 

Em seguida, a Banda Triinca dará sequência às atrações. Segundo integrantes, a banda “dá forma de canção aos amores líquidos em seu repertório dançante, entre levadinhas marotas de guitarra, pulsações rítmicas eletrônicas, sintetizadores e barulhinhos de videogame – uma mistura de letras irreverentes com o synthpop dos anos 1980, ritmos e estéticas brasileiras, do brega ao tropicalismo. Composta por Joanna D’arc Cintra (Vocais), Alcides Vespasiano (Guitarra) e Rogério Lins (Sintetizadores, Baixo e Percussões Eletrônicas). O primeiro álbum, Triinca, lançado em abril de 2017, teve todo processo de composição e pré-produção feito através de aplicativos de mensagens e redes sociais. Em novembro do mesmo ano, foi lançado, em parceria com a produtora Recife Filmes, o videoclipe para a faixa “Tua Ex Me Traumatizou”, dirigido de Dimas Lins. A banda já acumula participações em festivais como o Festival de Inverno de Garanhuns (FIG); Sonoridades do Fábrica, Revelita, Janeiro de Grandes Espetáculos, Big Dia da Música e Jardim Sonante no Recife; no festival Na Tora em Olinda; no Festival Sonora em Natal (RN); no encerramento do 41º congresso da UPE em Nazaré da Mata; e no palco alternativo do Carnaval de Vitória de Santo Antão; além de apresentações regulares no circuito alternativo da cidade do Recife e em cidades como João Pessoa (PB), Natal (RN).

Banda Triinca / Foto: divulgação

Encerrando o dia, a cantora e compositora Mayara Pera levará ao público seu show Moda na Cidade, fruto de seu primeiro CD. Cronista de sua vida, ela leva às letras das suas canções fatos que viu e viveu. Amores, traições, dedicatórias – em geral, ácidas – a ex-namorados, críticas comportamentais são sua inspiração constante e que se transformam em músicas, por vezes, bonitas e “fofinhas”; por outras, carregadas de sarcasmo. Em sua maioria, rocks, baladas, folks e blues. No ano de 2019, Mayara lança o single “Eu sou uma farsa”; apostando em um clipe minimalista, com uma performance forte e simbiótica à letra da canção. O clipe foi produzido, filmado e montado por Danillo Campelo, com roteiro e direção de Mayara Pera e cenário e iluminação de Mano Lee. Abrindo o carnaval do Recife, no palco do Marco Zero, como convidada da cantora Nena Queiroga (homenageada do carnaval 2018) ao lado de Ylana Queiroga, Michelle Mello, Ericka Natuza (ex the Voice Brasil 2018) e Pátio de São Pedro, como convidada de Flaira Ferro, e também convidada do maestro Spok para o encerramento do carnaval de Recife com o tradicional Orquestrão. Apresenta o primeiro show de 2019 com banda completa, e cheia de novidades: a estreia de dois novos integrantes e a concepção de um novo show, com algumas músicas inéditas que estarão no seu 1º álbum.  A nova fase da cantora representa um amadurecimento diante da sua nova idade, 29 anos (com o famoso “Retorno de Saturno”), e dos frutos que vem colhendo desde que resolveu se lançar em carreira solo. 

Mayara Pera / Foto: divulgação

O Complexo GreenPark conta com acessibilidade para cadeirantes com elevador. O Espiral das Artes acontecerá todos os domingos a partir das 9h, na Rua Guarabira, 639 (próximo ao Shopping Recife), Complexo GreenPark, Recife-PE. O valor da entrada é R$10 + 1Kg de alimento não perecível. O evento encerra às 21h.

SERVIÇO:
O quê? Espiral das Artes
Quando? Dia 03 de novembro de 2019, das 09h às 20h.
Onde? Rua Guarabira, 639 (próximo ao Shopping Recife), Complexo GreenPark, Recife-PE.
Quanto custa? R$ 10,00 + 1 kg de alimento não perecível (ingresso solidário)- à venda no Sympla: https://www.sympla.com.br/palco-espiral—edicao-1__697684  


Evento prepara um dia de atividades culturais e contato com a natureza

Com vagas limitadas, CasaKy, vivenciar e compartilhar, promete abrir as portas do Sítio União para um dia inteiro de atividades artísticas, culturais, de saúde, entretenimento, economia colaborativa e integração ambiental. Será no dia 1º de setembro de 2018.

Yoga, Dança Circular, Trilha Ecológica, Oficinas de Automassagem, de Bonecos e de Música, Diálogos sobre Alimentação e Autoeducação, Exposições de Ilustrações, Livros, Arte Impressa, Fotografia, Mostra de Vídeos, Brechó, Arte em crochê e Fuxico, Mandalas de linha, produtos agroecológicos e um Sarau que reúnirá poesia e música. Já pensou tudo isso em um só lugar? O CasaKy é um evento que vai proporcionar tudo isso ao público presente. Um dia diferente com muita arte e contato com a natureza. As casas do Sítio União, no bairro de Ouro Preto, em Olinda, abrem as portas para o público apreciar e vivenciar diversas atividades. Vai ser no dia 1º de setembro, das 8h às 18h. Os ingressos estão à venda e podem ser adquiridos mediante depósito em conta com envio do comprovante.

CasaKy nasceu do desejo de vários amigos artistas de unir diferentes atividades em um único dia, valorizando os diversos talentos dos moradores do Sítio União. Depois de alguns anos amadurecendo a ideia, o pontapé inicial se deu a partir da inusitada proposta de um chá de casa. Ao se reunirem, os amigos perceberam que poderiam doar algum fazer, a partir de suas particularidades profissionais e montar um dia inteiro de atividades culturais. É um evento com vagas limitadas e a intenção é realizar outras edições, transformando o Sítio em mais um espaço cultural da cidade. “Adoramos a ideia e não imaginávamos que poderia ganhar a proporção para a qual vem se encaminhando. Somos amigos e artistas e tudo tem sido preparado com muito capricho e carinho”, diz Kyara Muniz, que integra a coordenação geral do evento.

capa do face_Casaky
Arte: Amanda Virgínia Torres

Cantores, músicos, agrólocos, atores, terapeutas, arte educadores entre outros profissionais estão envolvidos na produção do CasaKy que finalizará o dia de atividades com um Sarau. Entre os artistas participantes, o Sarau recebe a dupla autoral Sargaço NightClub e a cantora Sarah Lopes e demais cantoras que apresentarão um repertório da MPB. “A ideia é passarmos um dia inteiro juntos entre diálogos, vivências, oficinas, exposições e feira de economia colaborativa. A música vem para reunir todas as pessoas finalizando o evento” explica Rodrigo Silva, coordenador geral.

O Sítio União está inserido numa região de Mata Atlântica de preservação ambiental, proporcionando aos participantes o contato direto com a natureza. “Teremos ainda um espaço permanente dedicado ao melhor da gastronomia em parceria com a sensacional Cantina Vegetariana! Será uma celebração cheia de cultura, harmonia e bem estar!” conclui Rodrigo.

entrada do sítio união
Entrada do Sítio União. Foto: Fabio Caio

Quem tiver o interesse de participar do CasaKy pode ter acesso à venda dos ingressos através dos números (81) 9.9626.5868 e (81) 9.8918.2866. Também, é possível receber informações através do e-mail casaky2018@gmail.com ou no evento do Facebook.

SERVIÇO:
O quê? CasaKy
Quando? Dia 1º de setembro de 2018, das 8h às 18h
Onde? Sítio União (Rua Herculano de Holanda Cunha, 47, Ouro Preto, Olinda)
Quanto custa? R$70 (até 15.08) / R$80 (até 30.08)